sábado, 28 de maio de 2011

um beija flor tem andado a me cortejar...



- um beija flor tem andado a me rodear...

mensagens subliminares
manda-me ele em olhares e
pelo frêmito das asas em frenesi
[suspiro e nem pisco...]
decifro esses seus lampejos e
delicio-me em seus cortejos
[dedico-me em aguardar o beijo...]

Izabel Lisboa

5 comentários:

Sonhadora disse...

minha querida

E como são deliciosos esses entretantos, entre o sim e o não...o sonho acontece.

Deixo um beijinho carinhoso
Sonhadora

Anônimo disse...

Não sei se sou o beija-flor ou a flor
que te corteja
sei que meu coração
meu verso peleja
meus olhos pestaneja
meu pobre verso arqueja
declama proclama reclama solfeja
pelo teu olhar
pelo teu sorriso
pelos teus versos
e que versos perversos
às vezes vem
para me matar
virar-me do avesso
meu lobo fica atordoado
uivando para os meteoros
meu colibri fica aluarado
com a poeta
com o nome de pétalas
lábios de mel
um olhar que me deixa no céu
vendo estrelinhas
no mundo da lua
e cada poema
que me deixa nas entrelinhas
perturbado alucinado aturdido
quase torto
se mamãe fosse viva
saberia que eu estava perdido
completamente morto...

Luiz Alfredo - poeta

Izabel Lisboa disse...

- Minha querida sonhadora, não perder a capacidade de sonhar é o que dá sentido a vida, mesmo que os sonhos não se concretizem naquilo que nos acostumamos chamar vida real!
Beijos e obrigada pelos carinhos de sempre!

- Muito lindo seu poema, Luiz Alfredo! O toque de humor no finalzinho fechou com chave de ouro!
Obrigada pela delicadeza!
Beijos!

Izabel Lisboa

J.F. de Souza disse...

paro
no ar
a contemplar
a flor

antes de me deliciar

Anônimo disse...

beija flor tem nome tigresa?
Bom dia!