quarta-feira, 28 de março de 2012

sob o sofá










está falando de mim
fala de mim o
inseto asqueroso
de olhar aterrorizado
insistente espelho
aquele límpido espelho
onde me vejo ali
[...verdade terrível]
através do olhar
de Kafka...

Izabel Lisboa

5 comentários:

Graça Pereira disse...

Conclusão: devemos ignorar os espelhos!!
Beijo e votos de uma feliz Páscoa.
Graça

Giancarlo disse...

Felice week end per te...ciao

Cristiano Marcell disse...

Prezada amiga, boa tarde!

Sobre Kafka, gostaria de indicar um ilustrador chamado Robert Crumb. Ele retrata Kafka muito bem!

Muita paz!

Cristiano Marcell disse...

Caro(a) amigo(a), boa tarde!

Gostaria de convidá-lo a visitar a coluna Haicais de Domingo do Poetas de Marte

A entrevista dessa semana é com o escritor português David Rodrigues.

http://poetasdemarte.blogspot.com.br/2012/05/haicais-de-alem-mar.html

Na coluna do próximo domingo, gostaria de contar com a participação dos que se emaranham na blogosfera.

Elaborem um haicai homenageando a mulher mais importante de nossas vidas(não fiquem com vergonha) e mandem para o meu email:mat_amorim@hotmail.com

A coluna "Mãe,Haicaí! Cuida de mim!" ficará muito melhor com a sua participação!

Espero contar com a presença de muitos!

Desde já, obrigado!

Muita paz!

Luiz Alfredo disse...

É estranho ir dormir gente
e acordar besouro
depois ser dilacerado
pelas injustiças do mundo
é estranho ser olhada
pelos olhos do Kafta
um espelho assim
metamorfoseia nosso ser

Bela poesia reflexiva.

Luiz Alfredo - poeta